28/01/2018

Mensagem de Ano Novo 2018


Em todos os anos fazemos aspirações típicas de inícios, pois novos ciclos vem banhados de esperança, do novo, do inesperado. Tudo pode acontecer!

Mas o que é realmente essencial em nível individual e coletivo? Não esquecendo aqui de todas as manifestações de vida? Qual a necessidade subjacente por trás de tantos desejos?
Eu percebo que é o AMOR, na sua forma primordial.

Então, a minha aspiração, é que possamos nos conectar mais com essa essência. Para que ela, como mestre interior, nos guia em nossas escolhas em 2018!

E para tal, que possamos estar presentes, e nessa presença, possamos buscar o silencio, e no silenciar do burburinho mental, lembrarmos da vida e como ela se manifesta, dos ciclos de sofrimento e felicidade que estamos todos inseridos.

Lembrarmos que o importante não é ser feliz, assim de forma tão egóica, mas desenvolver um coração bondoso, deixar que o amor simplesmente seja. Se olharmos bem, as pessoas que são genuinamente felizes se importam com o outro, com os presentes que a vida lhe dar na forma da natureza.

Não há como entrar e permanecer no caminho do coração com a raiva. A raiva só sabe cultivar o apego, e o pior deles, a verdade de cada um, tão subjetiva, frágil e diferenciada. Onde há exclusão não há amor.

Que neste ano, então, não importando o que aconteça, possamos nos aproximar mais desse amor primordial que nos habita. E assim, fazer diferença para si, para o outro e para o todo!! 

Que você descubra uma versão de si melhor e mais autentica!!!!