31/12/2015

Feliz Ano Novo!


Neste novo ano, eu desejo algo simples para você, porque na simplicidade desse algo há muitas possibilidades... 

Desejo, ou melhor, aspiro que você possa ter tempo para PARAR e AQUIETAR A MENTE. 

Desse ato, você pode ir ao encontro do silêncio... E aprender a ouvir de outra maneira. 

Desse ato, você pode observar seus pensamentos, ver que muitos deles não tem sentido e criar um espaço para uma mudança na forma de pensar.

Desse ato, você pode olhar para suas emoções, observá-las também, com humildade, sem vergonha de se mostrar para você mesmo, pois nesse espaço interno não há ninguém para lhe julgar. Você pode olhar com amorosidade para aquelas emoções antigas, como a mágoa, a raiva, o ciúme, para os padrões e crenças que não lhe servem mais, para o modo como tem lidado com a vida e as pessoas. 

Desse ato, você pode descobrir uma calma serena, uma visão mais clara e sábia da sua vida e da realidade, optando por ser ator e não fantoche de seus condicionamentos e padrões. 

Desse ato você pode descobrir um recanto dentro de você e além de você mesmo, onde você pode ser de uma maneira que nunca sonhou, mas que ao mesmo tempo sempre foi. 

Desse ato, você pode descobrir que não está sozinho e pode se ver na face de cada Ser no mundo, na face da Natureza, na face do Universo... Saber que é co-criador e co-responsável. Mudando sua “face” você contribui para uma face melhor no mundo. 

Desse ato... Desejo a sua Felicidade!!!! 

Feliz Ano Novo! 

Que seja FELIZ porque você construiu! 

Que seja NOVO porque você se renovou!

Juliene Macedo